RIO GRANDE DO NORTE LEVA POTENCIALIDADES DO ECOTURISMO À ABETA SUMMIT


RIO GRANDE DO NORTE LEVA POTENCIALIDADES DO ECOTURISMO À ABETA SUMMIT

 28/09/2020  Costa das Dunas  94


http://www.emprotur.setur.rn.gov.br

Os segmentos de Ecoturismo e Turismo de Aventura são algumas das principais potencialidades a serem exploradas pelo Rio Grande do Norte nos próximos anos. É no que se refere ao desenvolvimento destes setores que a Empresa de Promoção Turística Potiguar (Emprotur) leva o estado, de 16 a 18 de outubro, à 17ª edição do Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura - Abeta Summit.

O Abeta Summit é promovido pela Abeta (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) e reconhecido como um dos principais encontros da cadeia produtiva do turismo de natureza no Brasil. O evento se descortina em 2020 com o tema "(Re) Descobrindo o Brasil), de modo exclusivamente virtual, oferecendo cursos de capacitação e reunindo empresários, gestores públicos, acadêmicos, ativistas e ecopraticantes. Espera-se que 3 mil pessoas integrem o encontro.

A participação do Rio Grande do Norte está articulada em três momentos distintos. Um deles ocorre antes da realização do evento, com uma apresentação especial do Abeta Summit para o trade potiguar, em 30 de setembro. Já na programação oficial, em 17 de Outubro, o estado e suas virtudes no segmento de aventura serão apresentados aos participantes do Congresso. A finalização das ações acontece em 21 de outubro, em um espaço pós-evento, em diálogo com empresas a fim de destacar o destino potiguar.

"O território potiguar é riquíssimo em possibilidades para o Ecoturismo e o Turismo de Aventura", ressalta o presidente da Emprotur, Bruno Reis. De acordo com ele, o contato aproximado com os representantes do setor é fundamental para posicionar o estado na rota brasileira. "Temos montanhas, dunas, cavernas, cachoeiras, mergulhos e trilhas. Do Geoparque Seridó às Serras do Agreste Potiguar, com escaladas e tirolesas, são muitas as opções. Queremos tornar isso mais reconhecido no Brasil", conclui.

Fonte: https://bit.ly/2S19IUe